domingo, 7 de dezembro de 2008

Jacó

Jacó

Era filho de Isaque, filho de Abraão. Ele suplantou seu irmão mais velho, Esaú, obtendo do seu pai Isaque, uma benção especial e passou a ser o herdeiro das promessas de Deus.
Seu nome foi trocado para Israel, que significa "aquele que luta com Deus", após lutar uma noite inteira com um ser celestial.

Ele nasceu quando seu pai já tinha 60 anos, pois sua mãe, Rebeca, era estéril e só engravidou após insistentes orações de seu pai, após 20 anos de casamento.
Foi uma gestação difícil e Deus disse à sua mãe: "Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, um povo será mais forte do que o outro povo e o maior servirá ao menor"
(Gênesis 25:23).
Conta a bíblia que um dia ao voltar do campo, Esaú faminto, pediu a Jacó um prato de sopa de lentilhas. Jacó concordou, desde que seu irmão abrisse mão do direito de primogenitura em seu favor; Esaú aceitou.
Mais tarde, Isaque seu pai, já avançado em idade, não enchergando, tomou Jacó por seu irmão e o abençoou.
Quando Esaú descobriu a trama se enfureceu contra Jacó e este teve que fugir para a casa de seu tio Labão.
Lá chegando, conheceu Raquel e por ela se apaixonou. Propos então a Labão trabalhar durante sete anos de graça para ter o direito (dote) de desposar Raquel.
Ao se cumprirem os sete anos, deu Labão uma festa, mas, à noite, entregou sua filha Lia a Jacó e eles coabitaram. No dia seguinte, quando Jacó descobriu ter sido enganado, Labão prometeu dar-lhe também Raquel em troca de mais sete anos de escravidão. Lia era fecunda, porém Raquel era estéril, por isso, Raquel deu sua serva a Jacó para ter filhos por meio dela, no que foi imitada por Lia. As duas servas deram dois filhos cada uma a Jacó.
Quando terminou o prazo de servidão de Jacó, Labão não queria liberá-lo pois havia se enriquecido muito através das bençãos com que Deus abençoava Jacó. Fazia contratos dando parte da produção como forma de pagamento, mas ao perceber quão intensamente Deus favorecia o lado de Jacó, mudava de lado e assim fez por diversas vezes durante seis anos.
Finalmente o Senhor ouviu as orações de Jacó em favor de Raquel e ela lhe deu um filho e tinha já 11 filhos quando, então, resolveu voltar às terras que Deus havia prometido a ele e sua descendência. Jacó tomou sua mulheres, seus filhos e tudo o mais que era seu e partiu. Mas ele teria que enfrentar a furia de seu irmão.
Jacó enviou mensageiros a Esau, avisando-o de sua volta. Esses quando voltaram, informaram-no de que Esaú vinha ao seu encontro com uma tropa de 400 homens.
Jacó então apavorado orou a Deus, pedindo que o livrasse da fúria de seu irmão.
Depois enviou presentes para serem entregues a Esaú, com o intuito de aplacar sua ira. Mandou na frente seus bens, suas mulhres e seus filhos, ficando ele sozinho.
Durante toda a noite ele lutou com alguém: "E vendo este que não prevalecia contra Jacó, tocou a juntura de sua coxa e ela se deslocou. Disse o homem: Deixa-me ir, porque o dia já está clareando.
Jacó disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. O homem lhe perguntou: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. O estranho então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou seu nome e ele disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face e a minha alma foi salva. (Gênesis 32:25-30) Jacó teve um total de 12 filhos, que mais tarde se tornaram as 12 tribos de Israel e viveu um total de 147 anos.
Morreu após viver 17 anos no Egito, para onde foi levado por José , seu filho, que tinha se tornado tão poderoso quanto o próprio faraó.
Jacó foi embalsamado e levado para Canaã onde foi sepultado com muita honra , na caverna que está no campo de Efrom, o heteu, no campo de Macpela, que está em frente de Manre, na terra de Canaã, onde sepultaram a Abraão e a Sara sua mulher; a Isaque e a Rebeca sua mulher; e onde Jacó havia sepultado a Lia. (Gênesis 49:30-31).

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial